Vem

(Cleudo Freire)

Eu te quero tanto
que o fundo do mar
não é tão profundo quanto o meu amor

Eu te quero sempre
mas um ano só
parece uma vida e não quer terminar

Quando você chega
trazendo o mar
no verde dos olhos
eu sinto que é doce em ti me afogar

Cadê você que agora não está aqui
vem que sem você o mundo acaba,
apaga, some e fica sem porque